Você usa seus pontos fortes?

Desde o início a psicologia pouco fez para estudar as forças humanas e, pressionada pela condição de um mundo em guerra, se concentrou na patologia e não na saúde. No entanto os estudos recentes da Psicologia Positiva trouxeram o conceito de aumento de bem estar e felicidade através do conhecimento e identificação das forças humanas e da busca e aprimoramento dos Pontos Fortes.

  • as atividades que exercemos com sucesso podem determinar um ponto forte. A auto eficácia é um indicador;
  • a atividade aliada a um ponto forte é atraente mesmo quando é exigente;
  • exercer nossos melhores atributos traz emoções positivas, ansiamos por praticar atividades relacionadas e esquecemos do tempo que flui;
  • atividades em que, exercendo nossas competências, preenchemos nossa alma e temos uma sensação de felicidade e bem estar.

 

O mundo do aprendizado e do trabalho se baseia na premissa equivocada de que o maior potencial de crescimento está nas áreas onde temos fraquezas e deficiências.

 

Baseada nesta premissa as corporações oferecem treinamentos a seus funcionários buscando preencher as lacunas de competência e afins e que, somente através desta ação, os “gaps” de desenvolvimento sejam supridos.

 

No entanto administrar as fraquezas nada mais é do que controle de danos. Onde está de fato o potencial de desenvolvimento? Nos pontos fortes e talentos.

 

Os talentos são os aspectos positivos que podem ser usados de diferentes formas e as organizações alinhadas com estas premissas mais atuais, já buscam identifica-los em seus executivos.

 

Os pontos fortes se definem como algo que se possa realizar bem, de forma consistente e repetidamente aliada à satisfação.

 

Assim, identificando as fortalezas das equipes é possível organizá-las para melhor desempenho individual e em grupo.

 

Podemos elencar sinais que ajudam a identificar características positivas. São eles:

Feita esta descrição, nada melhor do que conhecer suas fortalezas e direcionar sua carreira por elas. Expanda suas funções na direção daquilo em que você é bom, tornando-os suas características mais fortes o aspecto central do seu trabalho. O sucesso está em você e no que você faz de melhor.

 

Monica Barg

Administradora (FAAP) Arquiteta ( UFRJ) , Coach pela SBC e Wellcoach pela Careevolution , Pós Graduada em Gestão de Pessoas (FGV) , Pós Graduação Psicologia Positiva (UCAM/AVM/CPAF-RJ), Pós Graduação Psicologia e Orientação Profissional (UNIARA) .Professora convidada do Psi+.

Fonte: http://questaodecoaching.com.br/2014/05/09/voce-usa-seus-pontos-fortes/

Comente esta publicação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *